JÓIAS, PESSOAS, FASHION, DICAS

sexta-feira, 29 de abril de 2011

AS JÓIAS DA NOVA DUQUESA KATE MIDDLETON

Kate Middleton entrou na igreja com o cabelo parcialmente preso por baixo de um véu de tule de seda com flores bordadas à mão pela Royal School of Needlework (em português, escola real de costura).
O acessório escolhido para a cabeça é uma tiara Cartier, do tipo auréola, emprestada pela Rainha Elizabeth II.
A peça foi feita em 1936 e comprada pelo pai de Elizabeth II, Rei George VI, de presente para sua esposa, Rainha Elizabeth, a Rainha Mãe.
A peça foi passada para Elizabeth II em seu aniversário de 18 anos.
Os brincos da noiva, feitos por Robinson Pelham, são de diamantes em forma de folhas de carvalho – o mesmo desenho que está no novo brasão da família Middleton.
Já o pingente de turmalina e diamante foi desenhado por sua mãe, Carole Middleton.
Assim como seu pai, Michael, e seu irmão, James, Kate também usou dois broches de ouro: um com o brasão da família e outro com uma folha de carvalho.

ROYAL WEDDING

A notícia do dia em todas as mídias do globo é, sem dúvida, o casamento de Kate e William, agora o Duque e a Duquesa de Cambridge.



















Catherine Middleton se inspirou, para seu vestido, no modelo usado por Grace Kelly, em 1956, no casamento da estrela de Hollywood com o Príncipe Rainier de Mônaco.
O modelo criado por Sarah Burton, diretora de criação da grife de Alexander McQueen, tem grandes referências ao vestido desenhado por Helen Rose.
Com silhueta mais fina que o vestido usado pela diva na década de 1950, Kate seguiu a ideia do corpete de renda, com mangas longas, bordadas, e véu longo rendado.
Para dar um ar mais moderno ao vestido, Catherine optou por um decote em V, ao contrário do modelo fechado até o pescoço usado por Kelly.


























Camilla, a madrasta do noivo, optou pelas cores pastel. A avó, no caso também Rainha da Inglaterra, Elizabeth II, levou a sorte do amarelo ao casamento, bem elegante e sem ostentar, investiu nas pérolas. Carole Middleton, mãe da noiva, também foi impecável no look.

























Victoria Beckham escolheu um vestido azul marinho – uma das cores mais elegantes da paleta – da coleção que ela mesma criou, junto um sapato altíssimo Louboutin. A cantora Joss Stone foi ladylike, toda de vermelho, inclusive os acessórios, e, sem medo de investir no chapéu. Pipa Middleton, irmã e madrinha da noiva, entrou em harmonia com Kate e também vestiu Alexander McQueen.
























Samantha Cameron, mulher do Primeiro Ministro britânico, quebrou o protocolo ao ir sem acessório na cabeça, mas acertou no vestido Burberry. Letizia, princesa das Astúrias, e a princesa Maxima, dos países baixos, escolheram o mesmo tom de vestido. Letizia preferiu os bordados e o chapéu, enquanto Maxima a renda e o turbante.




































Já as primas do príncipe William, Beatrice e Eugenie, filhas de Sarah Ferguson, foram das mais criticadas da boda. Seus chapeus extravagantes renderam comparações com as irmãs  feias e más da Cinderela, princesa de contos de fadas. Fala sério, nem um Valentino dá jeito!!!

terça-feira, 26 de abril de 2011

BANG

MARC JACOBS, além de estilista, faz um marketing como ninguém no seu perfume  ‘Bang by Marc Jacobs’   para o público masculino - dica para o dia dos namorados. 
É que a palavra "bang", na língua inglesa significa bater, dar pancadas, mas na gíria popular está ligada também ao ato sexual, só que no sentido vulgar. 
A partir disso, a equipe do estilista criou uma uma brincadeira através de um aplicativo via Facebook, ou seja, quem tem cadastro na rede social pode baixá-lo e participar. 
Basta cadastrar a própria foto que ficará ao fundo da embalagem original do perfume, que é amassada, quebrada. A partir daí, seus amigos cadastrados podem dar uma cutucada em você (poke friend), assim como já existe na rede social, só que ao invés disso, eles clicam em bang e "espancam" você - Ou no caso, seu gato. Curtiu?

ANIVERSARIANTE DE HOJE - NARA COSTA


































A linda Nara Costa é nossa homenageada de hoje.
Feliz Aniversário querida amiga!!

sábado, 16 de abril de 2011

DIAMANTE CHOCOLATE

DICA DE CARDÁPIO PARA A SEXTA FEIRA SANTA

PRATO PRINCIPAL:

Ingredientes:

1 kg de bachalhau
1 cebola cortada em em fatias bem fininhas
1 tomate também em em fatias bem finas
1/2 lata de azeite de oliva
1 pimentão em fatias
1 kg de batata
Azeitonas negras

Modo de Preparo:

Primeiro para retirar todo o sal do Bacalhau, escorra-o na água por um dia e depois coloque o bacalhau na geladeira em uma vasilha com água por 3 dias.
No dia do preparo,  retire-o da geladeira, escorra, coloque água nova água e leve ao fogo, deixando ferver durante uns 20 minutos mais ou menos. Reserve uma concha desta água.
Logo após, corte as batatas em fatias bem  grossas, arrume um refratário quadrado e coloque as batatas forrando a primeira camada, colocando parte do bachalhau em postas generosas, o tomate, a cebola, as azeitonas, na outra camada de batata e os demais  ingredientes.
Regue com a água que você reservou anteriormente e coloque meia lata de azeite de oliva virgem puro.  
Leve ao forno o bacalhau com batatas para ser gratinado até que as batatas estejam macias.
Sirva com arroz branco e salada.

SOBREMESA:

PETIT GATEAU

Ingredientes:


200 gr de chocolate meio amargo

2 colheres de sopa de manteiga
50 gramas de açúcar
2 colheres de sopa de farinha de trigo
2 ovos
2 gemas

Modo de Preparo:


Derreta a manteiga e o chocolate em banho-maria. Bata os ovos e as gemas de ovo com açúcar na batedeira até ficar bem claro. Junte o chocolate derretido e a farinha de trigo, misturando com uma espátula, Unte as forminhas de empadinha com farinha de trigo e coloque a massa - sem preencher toda a forma. Pré-aqueça o forno e leve para assar de 5 à 7 minutos (dependendo do forno) até os bolinhos crescerem, mas ficarem com o meio molinho, assim quando cortamos sai aquela calda de chocolate quentinha. Deve-se desenformar quente, diretamente no prato, acompanhado com sorvete de creme. Dica: para quem quiser congelar, basta colocar a forminha cheia, coberta com filme plástico, no freezer e quando for servir deixar o bolinho voltar a temperatura ambiente antes de colocar no forno.

Ahhh temos uma outra dica: uma calda quente de mel com chocolate que só ensinamos para as mais amigas, se quiserem saber, é só ligar que ensinamos, ok? bjkas e boa sorte!!! 










A MAIS BONITA DO ANO


















J LO foi eleita a mulher mais bonita de 2011, segundo a revista People, vencendo Katie Holmes, Reese Witherspoon, Jessica Simpson, Jennifer Hudson Eva Longoria, entre outras. 
Aos 41 anos, mãe dos gêmeos Emma e Max, Jennifer está mesmo com tudo!!!

terça-feira, 12 de abril de 2011

domingo, 3 de abril de 2011

FABI E DENISE




















Fabi e Denise, lindas e competentes, em momento de lazer...

COMO SE FORMAM AS PÉROLAS E OS CUIDADOS QUE SE DEVE TER COM ELAS


Todas as pérolas verdadeiras comercializadas pelos joalheiros estabelecidos são “cultivadas”. Ou seja, o homem participa como agente iniciador de sua formação, introduzindo um ou mais núcleos no interior de cada ostra.
Em seguida, as ostras são levadas a seu habitat natural – mares ou lagos – onde permanecem, durante um período que varia de um a três anos, até completarem o ciclo de sua formação. Durante este período, ocorre lenta deposição de camadas muito finas e concêntricas do elemento conhecido como nácar (micro-cristais de aragonita e calcita), responsável pelo brilho e beleza das pérolas.
Em seguida, elas são retiradas, limpas e classificadas para sua utilização em jóias.
Todo este processo, e o alto risco de perda do produto que ele envolve, tornam as pérolas ainda mais valiosas.
As pérolas são muito sensíveis, até mesmo a ácidos fracos, como perfumes. Que cuidados adotar com nossas pérolas?
Basicamente, evitar que elas entrem em contato direto com perfumes e demais produtos químicos, limpá-las delicadamente após o uso, com uma flanela ou algodão macios.
Pode-se também usar sabão neutro e água fria destilada, sem deixar de molho. Depois, enxaguar bem e secar com tecido ou papel macio. Não se devem lavar pulseiras ou colares de pérolas, pois a umidade enfraquece o fio de seda.
Para um brilho extra, friccionar levemente com azeite de oliva ou óleo de amêndoas de boa qualidade.
As pérolas precisam “respirar” e ressentem-se da umidade ou secura excessivas. Guarde-as em locais arejados e nunca envolvidas em sacos plásticos.
Se notar que os fios de seda tornaram-se enfraquecidos, entregue sua peça a seu joalheiro de confiança para que as pérolas sejam recolocadas..
Fonte: Amsterdam Sauer
















ANÉIS AMSTERDAM SAUER

ORIGEM DAS JÓIAS

ORIGEM DAS JÓIAS


A palavra “jóia” vem do latim jocalis, que significa “o que dá prazer”.
Há algum tempo foram escavados grânulos de cem mil anos de idade feitos da concha de um molusco conhecido cientificamente como Nassarius, e acredita-se serem estas as jóias mais antigas conhecidas.
Os primeiros adornos eram feitos com ossos, dentes de animais, conchas, pedras, madeiras e simbolizavam status, poder ou misticismos.

O ouro exerce atração sobre o homem desde a época das descobertas dos metais e é explorado há mais de seis mil anos.
No Egito antigo, estima-se que a primeira joia foi feita há cerca de cinco mil anos. Os egípcios adoravam a raridade, o brilho e a durabilidade do ouro e usaram-no na fabricação de sarcófagos e no adorno do mobiliário dos faraós.
As jóias dos faraós eram enterradas junto com eles. Mais tarde, na Roma Antiga , os romanos usaram o ouro para financiar a guerra.


















Anéis da Roma antiga.


Os broches foram criados para prender as roupas, usando-se ouro, bronze, pérolas e ossos. Mais adiante no tempo, os italianos criaram colares, fechos, braceletes, brincos e grandes pendentes para armazenar perfumes.
Na Idade Média a lapidação começou a ser desenvolvida, e a pérola, o rubi, a esmeralda, a safira eram as gemas mais utilizadas.
No Renascimento, os estudos de anatomia e engenharia ganharam força e os ourives conseguiam reproduzir com fidelidade formas humanas representadas em peças inspiradas na mitologia greco-romana.
A joalheria deixou então de ser patrocinada pelo Clero e passou a ser patrocinada pela burguesia. Foi aí que o ofício de ourives começou a ganhar status de arte, assim como a pintura e a escultura.
A jóia vem servindo a várias funções ao longo do tempo.
Nos primórdios da sua criação, por exemplo, tinha como função proteger as pessoas do mal.
Os dotes eram pagos com jóias, também era uma marca de distinção entre realeza e plebe e foi usada como moeda para bens de troca.
Em 1895, houve a abertura da galeria Maison de l’Art Nouveau, onde foram expostos objetos desenhados com influência da arte oriental. Nesta exposição, destacou-se René Lalique, que transformou Paris na capital da joalheria.
Na Segunda Guerra Mundial, houve uma queda no processo de fabricação de jóias, a Europa parou de ditar moda – passou-se a viver o American way of life.
Apenas nos anos 50 a jóia como arte voltou a ser desenvolvida.
Nos anos 60 inicia-se uma redefinição de sua função social. O design passa então a ser mais valorizado pelo conceito.
Atualmente, não há nada mais associado ao luxo do que uma jóia.
Fonte: blogdasjoias.com.br

ENCONTRINHO BÁSICO DE AMIGAS NAAAAADA BÁSICAS